sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

domingo, 17 de janeiro de 2016

Minh'alma

Eu quero sexo,
minh'alma amor.
Eu quero festa,
minh'alma paz.
Eu quero, com pressa.
Minh'alma, no tempo que der.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Novo tempo

Que nada pare
que tudo passe
que o tempo acelere
o seu caminhar.
Que a vida não volte,
não dê voltas em torno
de velhos padrões
que foram vencidos
por esse novo tempo
que olha pra frente
e não titubeia
no seu caminhar.

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Espontânea vontade

Frustrar-se é
querer receber 
mais do que 
lhe é ofertado.
De que vale cafuné
que não é
por livre 
e espontânea vontade
ofertado?

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Pré ocupação

Nessa pré ocupação
o agora,
onde é que fica?
Escorrega pelas mãos,
sai noite
entra dia.
Pro problema
que virá
ei de achar
a solução,
mas o dia
que perdi
nunca mais
entre minhas mãos.

sábado, 2 de janeiro de 2016

Por inteiro

Não resistir,
estar entregue
ao caminho,
fluir.
Sem controle
ou rota
abrir as janelas,
destrancar as portas.
Não ser mais
metade,
reconstruir-me,
parte a parte,
estar por inteiro
em mim.

Dança, menina!

Dança menina,
dança!
Dança
esse som
que sai
do coração.
Se não tiver par,
ainda,
dança assim mesmo,
sozinha.
Levanta
e tira a vida
pra dançar.
Dança,
enquanto ainda toca
que um dia
essa música
vai parar.

Feliz novo ano

Que a gente
renasça
no ano que
nasce
e, em nós,
se desfaçam
os nós,
nos abraços
dos braços
que se entrelaçam.