segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Sobre não ser obrigada:

Meu cabelo
armado
até a ponta
é cheio
de autenticidade
e seu
volume
não é
da sua conta.

Sobre a crueldade da comparação:

Novamente 
escorrego
e caio
na armadilha
de me comparar
com alguém
que tem outra
bagagem
e fez outra
viagem,
pra outro
lugar.

Sobre as gestações:

Que em nosso
ventre
também haja
sementes
de liberdade.
Porque a gente
não gera só
outra vida.
A gente
dá luz
à sociedade.

Sobre não ser obrigada II

Minha vista
toda embaça
ao avistar
o sorriso amarelo
de alguém.
Nessa vida
eu só quero
a graça
de quem for
sincero
e do bem.

Sobre ir:

Se não for
pra ser
amor
eu nem
vou.

Sobre acordar todas as manhãs:

A gente esfrega
bem os olhos
logo depois
de acordar
que é pra ver
se enxerga melhor
o dia
que acabou
de começar.

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Sobre a abundância da vida

Tem de tudo
pra mim
nesse mundo
sim.
Mas pra chegar
tudo que há
tenho que acenar
que é pro que é meu
me achar.

Sobre ser livre

Eu faço
o que me dá
na telha.
Eu pulo
de galho
em galho.
Eu vivendo
trocando
de certezas.
Eu só
me prendo
ao que é
libertário.

Renascer

Nascimento
o primeiro trauma
dessa trama
que é viver.
Talvez por isso
seja preciso
tanta coragem
pra, ao longo da vida,
renascer.

domingo, 21 de agosto de 2016

Não hesito

Dessa vez
eu não hesito.
Vou tirar
os dois pés
do chão.
Não dá
pra evitar
pra sempre
a queda.
Não dá
pra ter sim
vivendo
de não.

Grande útero

A terra
é um grande
útero
que nos nutre
pelo
fio invisível
que a todos
une.

Casal apaixonado

O casal apaixonado
pega fogo
enquanto o trem
não chega.
Se os olhamos
de lado
é desejando
que pra
nossa brasa
também
haja lenha.

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Trago

Trago
o seu amor
na boca,
pulmões
e coração.
Levo
o meu amor
sem filtro,
sem força
e sem ilusões.

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Estações

No outono 
vou murchando.
Chega o inverno 
eu me retraio.
Entra a primavera
vou brotando.
No verão
eu me espalho.

Sonho

Sonho é 
essa coisa
que por mais
que cê foge
ele vai 
atrás de você
até enquanto
cê dorme.

Lua

Hoje
a lua cheia
tá de encher os olhos.
Não precisa
nem luz acesa.
Ela entra
na nossa escuridão
e ilumina
as profundezas.

terça-feira, 16 de agosto de 2016

Dia cinza

Um dia cinza
pode ser
um convite
pra abusar
da paleta
de cores
e colorí-lo
sem limite.

Labirinto

Por mais
que já tenha
conseguido
tá sempre
lá na frente
o que eu quero.
Quisera eu
querer o que eu já tenho
e não ficar perdido
no labirinto
do que espero.

domingo, 14 de agosto de 2016

Me perder

Que liberdade há
em me prender a você?
Enquanto houverem
outros caminhos
que levem
ao mesmo destino
vou sempre preferir
me perder.

Saia do casulo

Saia do casulo,
seja borboleta.
Se abra para
o mundo
e se jogue
na vida
de cabeça.

sábado, 13 de agosto de 2016

Gozar

O amargo
do seu êxtase
escorre
no meu paladar.
Mas amargura,
aqui,
só na boca,
que na vida
eu quero
é gozar.

Mapa

Onde podemos
ser livres?
Me diz, onde é
permitido sonhar?
Quando encontrar
uma pista,
meu amigo,
me dá o mapa
desse lugar.

Hércules

Das nove
cabeças
da serpente
há uma
que nunca
morre.
Aquela
que representa
o desejo,
por onde
todo o sofrimento
escorre.

Incerto

Ninguém sabe
ao certo
o que está
fazendo aqui.
É sempre
um tanto
incerto
isso
de existir.

Paradoxo

Sentir-se infinito
mas saber-se mortal
é talvez o gatilho 
pra toda essa
crise existencial.

Arritmia

É paixão.
Diz-me essa arritmia
que descompassa
o meu palpitar.
Será a cura
pr'essa agonia
o mesmo olhar
que está
a lhe causar?

Ser flor

Que desperdício
ser flor
se você
não exubera
toda beleza

que possui
ao despontar
da primavera.

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Alma gêmea

Olhei no espelho
e vi, então,
duas de mim.
Reconheci
minh'alma gêmea...
e aquela busca cessou,
enfim.

Fio invisível

Se há
um fio invisível
unindo tudo
que existe
talvez...
exista um nó
no fio daquele
que é triste.

Ser comum

Entre toda
essa gente correndo
sou quem não vai
a lugar algum
e segue
apenas vivendo
como um bicho
que por instinto
se conforma
em ser comum.

domingo, 7 de agosto de 2016

sábado, 6 de agosto de 2016

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Sexto sentido

Que sentido é esse
que nos cala
e nos fala
alto
ao coração?
É o sexto
na escala
e, é de longe,
aprender a escutá-lo
nossa maior lição.

Miragem

Isso de viver
é um recomeço sem fim.
Você jura que acabou
e que já não dá conta
quando, lá no horizonte,
novamente desponta,
uma nova miragem a seguir.

Engolir sapo

Pra mim
haja água
pra engolir
tanto sapo.
Em você
haja boca
pra engolir
tanta mosca.

Destino

O caminho é longo,
o caminhar é lindo.
E cada vez que entro
um pouco mais fundo
me aproximo
mais depressa
daquilo
a que chamamos
destino.

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Originalidade

Querem que a
originalidade
seja aniquilada e,
quem sai
da fila indiana
é motivo de piada.

4 elementos

Os 4 elementos
se misturam
em mim,
me fazendo
um Universo
inteiro.
Difícil mesmo
é manter os pés
firmes na terra
com todo
esse fogo
queimando
aqui dentro.
Tão difícil
que, por vezes,
me falta o ar
e a água salgada
escorre,
apagando
o fogo
do peito.

Impulsionada

Me sinto inspirada,
impulsionada
e um tanto
como, quando criança,
descia correndo
a rua de casa,
flutuando
como se guiada
por uma mão invisível,
corria brincando.

Provas

A vida
nos dá provas
daquilo
em que
acreditamos.
Melhor
pensar
duas vezes
sobre o que
anda pensando.

Ânsia

Ânsia do que,
se agora
é tudo
que existe.
Tudo
que sou
quer nascer
no instante
que persiste.

Sol nascente

Sou sol
nascente
me pondo
a caminhar.
Dou voltas
em torno
da terra
mas acabo
me pondo
sempre
no mesmo
lugar.